Notícias

Aniversário do ELO promove protocolo sobre deficiência

No  passado dia 24 de Novembro, aniversário dos 40 anos do jornal ELO, a ADFA e o ISCSP assinaram um protocolo de colaboração para acompanhar o desenvolvimento das políticas para a deficiência em Portugal e nos países de língua oficial portuguesa.

 

No dia em que o jornal ELO fez 40 anos de vida, a ADFA celebrou um protocolo em cerimónia na sede da ADFA, em Lisboa, com o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa- Observatório da Deficiência e Direitos Humanos para promover os direitos humanos das pessoas com deficiência.

A assinatura do protocolo realizou-se através do Presidente do ISCSP, Professor Doutor Manuel Meirinho, que se fez representar pela Vice-Presidente, Professora Doutora Alice Trindade, e o Presidente da Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Comendador José Arruda.

Este acordo teve como objetivo promover a cooperação entre uma universidade e uma associação representativa de deficiência em atividades de natureza académica, científica, técnica, pedagógica e social, nomeadamente no âmbito do Observatório da Deficiência e Direitos Humanos (ODDH), observatório do ISCSP.

Um dos objetivos deste protocolo é contribuir para a identificação de boas práticas e para o desenvolvimento de propostas que procurem implementar a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, aprovada em Nova Iorque em 30 de Março de 2007.

A finalidade deste protocolo permite acompanhar o desenvolvimento das políticas para a deficiência em Portugal e nos países de língua oficial portuguesa.

Em Portugal, foram posteriormente publicados os Decretos do Presidente da República nº71/2009 e nº72/2009, que ratificam a referida Convenção e o Protocolo Opcional.

 

Assinatura do protocolo

 

Bilhete-postal

 

Já se encontra à venda nas estações dos Correios o Bilhete-postal comemorativo do 40º anos da ADFA

 

 

Workshop "Terceiro Setor: Comunicar com (D)eficiência"

 

 

 

Workshop "Terceiro Setor: Comunicar com (D)eficiência"

 

A ADFA participou, no 11 de novembro, na Sala 1 da Fundação Calouste Gulbenkian, no Workshop "Terceiro Setor: Comunicar com (D)eficiência", evento é co-organizado pelo Gabinete dos Meios de Comunicação Social - GMCS e pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito das atividades do Grupo de Reflexão “Media e Deficiência”.

Promover a partilha de conhecimento sobre Estratégias de Comunicação, com vista a melhorar as competências das organizações do terceiro setor nesta área, bem como refletir sobre a forma de as ajudar a tornar mais eficaz a sua relação com os meios de comunicação social e com as agência de publicidade, foram alguns dos objectivos desta iniciativa.

Na Mesa Redonda “Preparar o futuro: quais as necessidades das instituições do mundo da deficiência para melhor comunicarem?”, com a moderação de Cristina Louro, da Cruz Vermelha Portuguesa, foram intervenientes a ACAPO – Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal, a AFAS – Associação de Famílias e Amigos dos Surdos, a Associação de Deficientes das Forças Armadas – ADFA, a LEQUE - Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Necessidades Especiais, a Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal, a Associação Pais em Rede, a Associação Portuguesa de Deficientes e a Federação Portuguesa de Surdos.

 


Inauguração no Funchal "Polo do Stress de Guerra"

Inauguração no Funchal "Polo do Stress de Guerra"

 

A Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional, Dr.ª Berta Cabral, inaugurou no passado dia 7 de novembro, o Polo de Stress de Guerra para apoio aos antigos combatentes e deficientes militares da região.

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

“Marcha dos Combatentes Pela Paz” e Corrida “Lisboa Corre Pela Paz”

“Marcha dos Combatentes Pela Paz” e Corrida “Lisboa Corre Pela Paz”

 

No âmbito das celebrações do Dia Internacional da Paz, 21 de Setembro, a Associação dos Deficientes das Forças Armadas - ADFA e a Liga dos Combatentes realizaram a “Marcha dos Combatentes Pela Paz” e a Corrida “Lisboa Corre Pela Paz”, no dia 28 de setembro, em Lisboa. A iniciativa teve o patrocínio do Montepio e o apoio da CM Lisboa e de outras entidades.

A Marcha dos Combatentes Pela Paz teve partida do Forte do Bom Sucesso, em Belém, e a Corrida Lisboa Corre Pela Paz partiu da Avenida da Liberdade, junto ao Monumento aos Combatentes da I Grande Guerra, encontrando-se todos os participantes junto ao Monumento aos Combatentes do Ultramar, em Belém.

Com um agradecimento a todos quantos participaram, as Associações apelam para que o Dia Internacional da Paz seja uma realidade sempre presente.

Leia a reportagem no Jornal ELO de Outubro! Edição online neste site!

 


Subcategorias

  • Notícias Imprensa
    Notícias publicadas na imprensa seleccionadas pelo facto de serem relevantes para os temas da deficiencia, estatuto militar, guerra colonial e integração social.
    Nº de artigos:
    27
  • Noticias Breves
    Notícias breves, a vida da Associação dos Deficientes das Forças Armadas, suas Delegações, seus 15.000 associados...
    Nº de artigos:
    7
  • Notícias Recentes
    As notícias recentes podem ser encontradas nesta secção, com actualização permanente.
    Nº de artigos:
    120
Está em... Inicio Notícias